Diferentes pontos de vista: Mulheres x Homens

Conversa de dois casais sobre a vida sexual deles…

As duas mulheres conversam, e uma pergunta a outra:

Como foi o teu sexo ontem?

Mulher 1: Catastrófico….

O meu marido chegou do trabalho, jantou em 3 minutos, depois tivemos sexo durante 4 minutos e 2 minutos depois ele já
dormia….

E você?

Mulher 2: Foi fantástico!

O meu marido chegou em casa levou-me para jantar fora. Depois passeamos durante 1 hora até chegarmos em casa.
Após 1 hora de preliminares à luz de velas fizemos sexo durante 1 hora e imagina, no final ainda conversamos durante 1 hora.

Numa palavra: Maravilhoso!!!

Os dois homens conversam:

Como foi o teu sexo ontem?

Homem 1: Super!

Cheguei em casa, o jantar estava servido, já na mesa; jantei, fiz sexo e adormeci imediatamente.

E você?

Homem 2: Catastrófico…

Cheguei em casa e não havia eletricidade porque tinha me esquecido de pagar a última conta.
Assim levei a minha mulher para jantar fora em um restaurante qualquer.
A comida era uma porcaria e caríssima. Fiquei sem dinheiro para pagar o táxi de volta para casa.
Não tivemos outra alternativa senão ir a pé. Chegamos em casa e claro, como não tínhamos eletricidade, fomos obrigados a acender velas!
Eu estava de tal maneira fora de mim que precisei de 1 hora até que o bicho ficasse em pé e de mais uma hora até conseguir gozar.
Estava tão possesso e não consegui adormecer durante 1 hora. Acabei sendo bombardeado pela minha mulher com uma conversa fiada interminável.

A vingança das Mulheres

Ela passou o primeiro dia empacotando todos os seus pertences em caixas, engradados e malas.

No segundo dia, ela chamou os homens da transportadora que levaram a mudança.

No terceiro dia, ela se sentou pela última vez na bela mesa da sala de jantar, à luz de velas, pôs uma música suave e se deliciou com uns camarões, um pote de caviar e um garrafa de Chardonnay.

Quando terminou, foi a cada um dos aposentos e colocou alguns pedaços de casca de camarão, besuntados com caviar, dentro das cavidades dos varões das cortinas (aqueles tubos ocos de alumínio).

Depois ela limpou a cozinha e se foi.

Mais tarde seu ex-marido chegou com a nova namorada, tudo estava tudo muito bem arrumado, cheirando a limpeza.

Depois, pouco a pouco, a casa começou a feder.

Eles tentaram de tudo: limparam, lavaram e arejaram a casa.

Todas as aberturas de ventilação foram verificadas à procura de possíveis ratos mortos e os tapetes foram limpos com vapor.

Desodorantes de ar e ambiente foram pendurados em todos os lugares.

A empresa de combate a insetos foi chamada para colocar gás em todos os encanamentos, durante alguns dias, durante os quais tiverem de sair da casa, e no fim ainda tiveram de pagar para substituir o caríssimo carpete de lã.

Nada funcionou.

As pessoas pararam de visitá-los.

Os funcionários das empresas de consertos se recusavam a trabalhar na casa..

A empregada se demitiu..

Finalmente, eles não suportavam mais o fedor e decidiram se mudar.

Um mês depois, apesar de terem reduzido o valor da casa em 50%, eles não conseguiram um comprador para a casa fedorenta.

A notícia se espalhava e nem mesmo corretores de imóveis locais retornavam as ligações.

Finalmente, eles tiveram de fazer um grande empréstimo do banco para comprar uma casa nova.

A ex-esposa ligou para o marido e perguntou como andavam as coisas.

Ele contou a ela o martírio da casa podre.

Ela escutou pacientemente e disse que sentia muitas saudades da casa antiga e que estaria disposta a reduzir a parte que lhe caberia do acordo de separação dos bens em troca da casa.

Sabendo que a ex-mulher não tinha idéia de como estava o cheiro, ele concordou com um preço que era cerca de 1/10 do que valeria a casa.

Mas só se ela assinasse os papéis naquele dia mesmo.

Ela concordou e em menos de uma hora, os advogados dele entregavam os documentos à ela.

Uma semana depois, o homem e sua namorada assistiam, com um sorriso malicioso, os homens da mudança empacotando tudo para levar para a sua nova casa… Incluindo os varões das cortinas.

Lições de Liderança e Gestão

Cinco lições para Liderança e Gestão no Século XXI

Lição No.1 – Gestão do Conhecimento

Um homem entra no banho enquanto a sua mulher acaba de sair dele e se enxuga. A campainha da porta toca. Depois de alguns segundos de discussão para ver quem iria atender, a mulher desiste, enrola-se na toalha e desce as escadas. Quando abre a porta, vê o vizinho Bob na soleira. Antes que ela possa dizer qualquer coisa, Bob diz:

– Dou-lhe 800 reais se deixar cair essa toalha.

Depois de pensar por alguns segundos, a mulher deixa a toalha cair e fica nua. Bob, então, entrega-lhe os R$ 800 prometidos e vai-se embora. Confusa, mas excitada com sua sorte, a mulher enrola-se novamente na toalha e volta para o quarto. Quando entra no quarto, o marido grita do chuveiro:

– Quem era?

– Era o Bob, o vizinho da casa ao lado – diz ela.

– Ótimo! Ele te deu os R$ 800 que estava me devendo?

Moral da história:
Se compartilhares informações a tempo podes evitar exposições desnecessárias!!!

Lição No.2 – Chefia e Liderança

Dois funcionários e o gerente de uma empresa saem para almoçar e na rua encontram uma antiga lâmpada a óleo. Esfregam a lâmpada e de dentro dela sai um gênio. O gênio diz:

– Só posso conceder três desejos, por isso, concederei um a cada um de vós.

– Eu primeiro, eu primeiro – grita um dos funcionários – Queria estar nas Bahamas pilotando um barco, sem ter nenhuma preocupação na vida!

Puf! E lá se foi.

O outro funcionário apressa-se a fazer o seu pedido:

– Quero estar no Havaí com o amor da minha vida e um provimento interminável de pinas coladas!

Puf e lá se foi.

– Agora você – diz o gênio para o gerente.

– Quero que aqueles dois voltem ao escritório logo depois do almoço – diz o gerente.

Moral da História:
Deixe sempre o seu chefe falar primeiro.

Lição Nº 3 – Zona de Conforto

Um corvo está sentado numa árvore o dia inteiro sem fazer nada. Um pequeno coelho vê o corvo e pergunta:

– Posso sentar-me como você e não fazer nada o dia inteiro?

O corvo responde:

– Claro que sim, por que não?

O coelho senta-se no chão, debaixo da árvore e relaxa. De repente, uma raposa aparece e come o coelho.

Moral da História:
Para ficar sentado sem fazer nada, você deve estar sentado bem no alto.

Lição Nº 4 – Motivação

Na África, todas as manhãs, uma gazela ao acordar, sabe que deve conseguir correr mais do que o leão se quiser manter-se viva.

Todas as manhãs, o leão acorda e sabe que deverá correr mais do que a gazela se não quiser morrer de fome.

Moral da História:
Pouco importa se você é gazela ou leão, quando o sol nascer deve começar a  correr.

Lição Nº 5 – Criatividade

Um fazendeiro resolve colher alguns frutos da sua propriedade. Pega num balde vazio e segue para o pomar. No caminho, ao passar por uma lagoa, ouve vozes femininas que provavelmente invadiram as suas terras.

Ao aproximar-se lentamente, observa várias jovens nuas banhando-se na lagoa. Quando elas se apercebem da sua presença, nadam até à parte mais profunda da lagoa e gritam:

– Nós não vamos sair daqui enquanto você não for embora.

O fazendeiro responde:

– Não vim aqui para espiar vocês, só vim dar de comer aos jacarés!

Moral da História:
É a criatividade que faz a diferença na hora de atingirmos nossos objetivos.

Pedido de dispensa militar

Um jovem escreveu a seguinte carta para o oficial responsável pela dispensa do Serviço Militar.

‘Prezado Oficial Militar: Venho por intermédio desta, pedir a minha dispensa do serviço militar.

A razão para isso é bastante complexa e tentarei explicar em detalhes.

Meu pai e eu moramos juntos e possuímos um rádio e uma televisão.

Meu pai é viúvo e eu solteiro.

No andar de baixo, moram uma viúva e sua filha, ambas muito bonitas e sem rádio e nem televisão.

O rádio e a televisão fez com que nossas famílias ficassem mais próximas.

Eu me apaixonei pela viúva e casei com ela. Meu pai se apaixonou pela filha e também se casou com esta.

Neste momento, começou a confusão.

A filha da minha esposa, a qual casou como meu pai, é agora a minha madrasta.

Ao mesmo tempo, porque eu casei com a mãe, a filha dela também é minha filha (enteada).

Além disso, meu pai se tornou o genro da minha esposa, que por sua vez é sua sogra.

A minha esposa ganhou recentemente um filho, que é irmão da minha madrasta.

Portanto, a minha madrasta também é a avó do meu filho, além de ser seu irmão.

A jovem esposa do meu pai é minha mãe (madrasta), e o seu filho ficou sendo o meu irmão.

Meu filho é então o tio do meu neto, porque o meu filho é irmão de minha filha (enteada).

Eu sou, como marido de sua avó, seu avô.

Portanto, sou o avô de meu irmão. Mas como o avô do meu irmão também é o meu avô, conclui-se que eu sou o avô de mim mesmo!!!

Portanto, Senhor Oficial, eu peço dispensa do serviço militar baseado no fato de que a lei não permite que avô, pai e filho sirvam ao mesmo tempo.

Em caso de dúvida, releia o texto várias vezes, ou tente desenhar um gráfico, para constatar que o meu argumento realmente está inteiramente correto.

Assinado: Avô, pai e filho.

Conclusão: O rapaz foi dispensado!

Os vários tipos de Capitalismo

O capitalismo está voltado para a fabricação de mercadorias, com o objetivo de obter um lucro. Esse sistema baseia-se na propriedade privada dos meios de produção, ou seja, todos os utensílios, ferramentas, matérias-primas e edificações utilizados na produção pertencem a alguns indivíduos, os capitalistas, estes que têm diferentes visões…

Capitalismo ideal:
Você tem duas vacas. Vende uma e compra um touro. Eles se multiplicam, e a economia cresce. Você vende o rebanho e aposenta-se, rico!

Capitalismo norte-americano:
Você tem duas vacas. Vende uma e força a outra a produzir leite de quatro vacas. Fica surpreso quando ela morre.

Capitalismo francês:
Você tem duas vacas. Entra em greve, porque quer três.

Capitalismo canadense:
Você tem duas vacas. Usa o modelo do capitalismo norte-americano. As vacas morrem. Você acusa o protecionismo brasileiro e adota medidas protecionistas para ter as três vacas do capitalismo francês.

Capitalismo japonês:
Você tem duas vacas. Redesenha-as para que tenham um décimo do tamanho de uma vaca normal e produzam 20 vezes mais leite. Depois cria desenhinhos de vacas chamados Vaquimon e os vende para o mundo inteiro.

Capitalismo italiano:
Você tem duas vacas. Uma delas é sua mãe, a outra é sua sogra, maledetto!

Capitalismo britânico:
Você tem duas vacas. As duas são loucas.

Capitalismo holandês:
Você tem duas vacas. Elas vivem juntas, não gostam de touros e tudo bem.

Capitalismo alemão:
Você tem duas vacas. Elas produzem leite regularmente, segundo padrões de quantidade e horário previamente estabelecido, de forma precisa e lucrativa. Mas o que você queria mesmo era criar porcos.

Capitalismo russo:
Você tem duas vacas. Conta-as e vê que tem cinco. Conta de novo e vê que tem 42. Conta de novo e vê que tem 12 vacas. Você para de contar e abre outra garrafa de vodca.

Capitalismo suíço:
Você tem 500 vacas, mas nenhuma é sua. Você cobra para guardar a vaca dos outros.

Capitalismo espanhol:
Você tem muito orgulho de ter duas vacas.

Capitalismo português:
Você tem duas vacas. E reclama porque seu rebanho não cresce…

Capitalismo chinês:
Você tem duas vacas e 300 pessoas tirando leite delas. Você se gaba de ter pleno emprego e alta produtividade. E prende o ativista que divulgou os números.

Capitalismo argentino:
Você tem duas vacas. Você se esforça para ensinar as vacas mugirem em inglês. As vacas morrem. Você entrega a carne delas para o churrasco de fim de ano do FMI.

Capitalismo brasileiro:
Você tem duas vacas. Uma delas é roubada. O governo cria a CCPV – Contribuição Compulsória pela Posse de Vaca. Um fiscal vem e te autua, porque embora você tenha recolhido corretamente a CCPV, o valor era pelo número de vacas presumidas e não pelo de vacas reais. A Receita Federal, por meio de dados também presumidos do seu consumo de leite, queijo, sapatos de couro, botões, presumia que você tivesse 200 vacas e para se livrar da encrenca, você dá a vaca restante para o fiscal deixar por isso mesmo…

30 coisas idiotas que você com certeza já fez alguma vez na vida

1 – Pausar a música por 1 minuto e 1 hora depois perceber que ela ainda tá pausada.

2 – Todo fim de ano, dizer que o ano passou rápido.

3 – Receber a prova, dar uma lida rápida por cima de todas as questões e pensar: FUDEU!

4 – Responder “Não”, quando alguém te pergunta “Tudo Bem?”, só pra ter assunto pra conversa.

5 – Sempre quando está jogando vídeo game e está numa parte muito difícil sentir coçar o braço/nariz.

6 – Falar para a mãe do seu amigo que estava sem fome, mas estava com muita fome.

7 – Apostar comigo mesmo. Ex: Tenho que atravessar esta rua em 5 segundos senão eu vou perder uma perna.

8 – Mostrar um vídeo engraçado do Youtube pra alguém e ficar olhando pra cara da pessoa pra ver se ela tá rindo.

9 – Brincar com o cronômetro, tentando parar em tempos redondos.

10 – Ficar empolgado na hora de comprar o material pra começar o ano, e na primeira semana não aguentar mais aula.

11 – Entrar no banheiro com a luz apagada, e quando sair, acender.

12 – Ter sempre a última folha do caderno rabiscada.

13 – Fazer um barulho com o pé/cadeira, parecer que foi um peido e continuar fazendo pra perceberem que não é o que estavam pensando.

14 – Tentar abrir a porta do carro no exato momento que ela está sendo destravada, não consegue tenta de novo e acontece a mesma coisa.

15 – Estar no meio de um sonho e saber que aquilo não é real , que é só um sonho.

16 – Tentar arrotar o alfabeto.

17 – Fazer moicano, no banho.

18 – Lamber os dedos sujos de Doritos.

19 – Abaixar o som do PC achando que alguém estava te chamando, e não era ninguém.

20 – Entrar na farmácia só pra se pesar.

21 – Clicar com o botão direito no emoticon do MSN só pra ver o atalho que a outra pessoa colocou.

22 – Colocar de volta a pontinha do lápis quando ele quebra.

23 – Salvar arquivos com o nome “asdasfasfdasd” por preguiça.

24 – Apagar tudo que estava escrevendo, quando vê que a outra pessoa está digitando alguma coisa no MSN.

25 – Ficar comendo milho que sobra da pipoca.

26 – Assistir o “Bestshop TV” quando não tem nada passando de mais interessante.

27 -Ficar até o final do filme no cinema para ver se tem cena extra.

28 – Esvaziar a lixeira do computador só pra ouvir o barulhinho.

29 – Fechar a porta da geladeira devagar e ficar olhando para ver quando a luz apaga.

30 – Dar uma de DJ aumentando e diminuindo o volume do som do carro.

Vai me dizer que você nunca fez nenhuma dessas coisas?

23 Coisas que as mulheres precisam ouvir, mas os homens ainda não contaram

1 – Se você está interessada, não se faça dificil.

2 – Se eu fizer alguma merda, me diga. Uma vez só é o suficiente

3 – A gente pode transar a hora que você quiser. Mesmo.

4 – Eu sei que é uma armadilha quando você me pergunta “Você acha ela bonita?”

5 – Masturbação é pura diversão. Não é substituição…

6 – …Mas a gente pode transar sempre que você quiser. Já falei isso?

7- Se você puder, jamais conte detalhes de seu passado com homens. Mesmo que eu insista.

8 – Mas não precisa dar uma de pura e casta. Gosto de mulher experiente.

9 – Como você, também curto beijos e amassos. Sim, quase sempre quero transar depois.

10 – Quando eu mexo no meu amigão, é porque… bem, é meu amigão, amor! Ele está ali. Faz parte. É legal. Só isso.

11 – A melhor coisa do mundo não é ver meu time ser campeão, é ouvir você gozar.

12 – Posso mentir pra você. Mas não é porque não te amo.

13 – Você fica patética fingindo orgasmo.

14 – Se eu oferecer ajuda enquanto você se apronta, é porque você está atrasando nosso programa. Muito.

15 – Pode pedir minha opinião sobre sua roupa. Desde que aceite que jamais quero você com jeito de:
a) perua;
b) oferecida;
c) vulgar.
Ainda que seu conceito de peruíce seja mais elástico que o meu…

16 – Quando você me liga no trabalho “só para conversar”, eu não ouço; na verdade continuo checando meu e-mails.

17 – Tenha atitude na cama. Tome iniciativa, fale o que você gosta. Isso facilita meu trabalho e me excita.

18 – Se eu estiver ao telefone com alguém, não diga o que devo falar. Diga antes ou depois.

19 – Se você organizar suas contas, vou ficar com o dobro de tesão.

20 – Se não estourar o cartão, fico com o triplo.

21 – Se eu sugerir que na quarta-feira você saia com suas amigas é porque tenho futebol ou happy hour com amigos. Ou porque você anda muito chata.

22 – Não. A colega de trabalho/da faculdade não está me dando mole. E se estivesse eu não contaria.

23 – Gosto de sites pornô. Ok, posso tirar dos favoritos, mas não acredite se eu disser que eles pertencem ao passado.

Coincidências Notáveis: Abraham Lincoln e John F. Kennedy

Antes que venham me xingar já aviso que não pesquisei todas as informações desse post, mas algumas das poucas que eu pesquisei bateram. O post é bem interessante, quem quiser pesquisar mais e contribuir com o post é só mandar as informações nos comentários!

Abraham Lincoln foi eleito para o Congresso em 1846.
John F. Kennedy foi eleito para o Congresso em 1946.

Abraham Lincoln foi eleito Presidente em 1860.
John F. Kennedy foi eleito Presidente em 1960.

Ambos se preocupavam muito com, sobretudo, os direitos civis.

Ambas as suas esposas perderam crianças enquanto habitavam a Casa Branca.

Ambos os Presidentes foram assassinados numa sexta-feira.

Ambos os Presidentes levaram um tiro na cabeça.

E agora é que se torna mais estranho:

O secretário de Lincoln chamava-se Kennedy.

O secretário de Kennedy chamava-se Lincoln.

Ambos foram assassinados por alguém dos estados do sul.

Ambos os Presidentes foram sucedidos por um homem do sul chamado Johnson.

Andrew Johnson, que sucedeu a Lincoln, nasceu em 1808.

Lyndon Johnson, que sucedeu a Kennedy, nasceu em 1908.

John Wilkes Booth, que assassinou Lincoln, nasceu em 1839.

Lee Harvey Oswald, que assassinou Kennedy, nasceu em 1939.

Ambos os assassinos eram conhecidos pelos seus 3 nomes.

Ambos os seus nomes eram formados por 15 letras.

E agora, segura-te:

Lincoln foi assassinado num teatro chamado “Ford”.

Kennedy foi assassinado num carro da marca Lincoln, feito pela “Ford”.

Lincoln foi assassinado num teatro e o seu assassino correu para um armazém
para se esconder.

Kennedy foi assassinado a partir dum armazém e o seu assassino fugiu para um
teatro e escondeu-se lá.

Booth e Oswald foram assassinados antes do seu processo.

E aqui vai a cereja no topo do bolo:

1 semana antes de Lincoln ser assassinado, ele esteve em Monroe, no estado
de Maryland.

1 semana antes de Kennedy ser assassinado, ele esteve com Marilyn Monroe.

Quem é que pesquisou tudo isto?

20 anos cego – Reflita!

Há muito tempo atrás, um casal de velhinhos que não tinham filhos, morava em uma casinha humilde de madeira, tinham uma vida muito tranqüila, alegre, e ambos se amavam muito.
Eram felizes. Até que um dia….
Aconteceu um acidente com a senhora.
Ela estava trabalhando em sua casa quando começa a pegar fogo na cozinha e as chamas atingem todo o seu corpo.
O esposo acorda assustado com os gritos e vai a sua procura,
quando a vê coberta pelas chamas e imediatamente tenta ajudá-la.
O fogo também atinge seus braços e, mesmo em chamas, consegue apagar o fogo.
Quando chegaram os bombeiros já não havia muito da casa,
apenas uma parte, toda destruída.
Levaram rapidamente o casal para o hospital mais próximo, onde foram internados em estado grave.
Após algum tempo aquele senhor menos atingido pelo fogo saiu da UTI e foi ao encontro de sua amada.
Ainda em seu leito a senhora toda queimada, pensava em não viver mais, pois estava toda deformada, queimara todo o seu rosto.
Chegando no quarto de sua senhora, ela foi falando:
-Tudo bem com você meu amor ?
-Sim, respondeu ele, pena que o fogo atingiu os meus olhos
e não posso mais enxergar, mas fique tranqüila amor que sua beleza está gravada em meu coração para sempre.
Então triste pelo esposo, a senhora pensou consigo mesma:
“Como Deus é bom, vendo tudo o que aconteceu a meu marido,
tirou-lhe a visão para que não presencie esta deformação em mim.
As chamas queimaram todo o meu rosto e estou parecendo um monstro..
E Deus é tão maravilhoso que não deixou ele me ver assim, como um monstro, Obrigado Senhor!”
Passado algum tempo e recuperados, voltaram para uma nova casa, onde ela fazia tudo para o seu querido e amado esposo,
e o esposo agradecido por tanto amor, afeto e carinho, todos os dias dizia-lhe:
-COMO EU TE AMO.
Você é linda demais.
Saiba que você é e será sempre, a mulher da minha vida !
E assim viveram mais 20 anos até que a senhora veio a falecer.
No dia de seu enterro, quando todos se despediam da bondosa senhora, veio aquele marido com os olhos em lágrimas, sem seus óculos escuros e com sua bengala nas mãos.
Chegou perto do caixão, beijou o rosto acariciando sua amada, disse em um tom apaixonante:
-“Como você é linda meu amor, eu te amo muito”.
Ouvindo e vendo aquela cena um amigo que esta ao seu lado
perguntou se o que tinha acontecido era milagre.
Pois parecia que o velhinho parecia enxergar sua amada.
O velhinho olhando nos olhos do amigo, apenas falou com as lágrimas rolando quente em sua face:
-Nunca estive cego, apenas fingia, pois quando vi minha amada esposa toda queimada e deformada, sabia que seria duro para ela continuar vivendo daquela maneira.
Foram vinte anos vivendo muito felizes e apaixonados !
Foram os 20 anos mais felizes de minha vida.
E emocionou a todos os que ali estavam presentes.
CONCLUSÃO
Na vida temos de provar que amamos !
Muitas vezes de uma forma difícil.

E, para sermos felizes, temos de fechar os olhos para muitas coisas, mas o importante é que se faça única e intensamente com AMOR!

Enviado pelo Felipe Vidal

Aprendendo a educar com os filhos

Ordem Nascimento Filhos:

O 1º filho é de vidro,
O 2º é de borracha,
O 3º é de ferro…

A ordem de nascimento das crianças:

1º- Irmão mais velho tem um álbum de fotografia completo, um relato minucioso do dia em que vieram ao mundo, fios de cabelo e dentes de leite guardados.
2º – O segundo mal consegue achar fotos do primeiro aniversário.
3º- Os terceiros, não fazem ideia das circunstâncias em que chegaram à família.

O que vestir:

1º bebê – Você começa a usar roupas de grávidas assim que o exame dá positivo.
2º bebê – Você usa as roupas normais o máximo que puder.
3º bebê – As roupas para grávidas são suas roupas normais, porque você já deixou de ter um corpinho de sereia e passou a ter um de baleia.

Preparação para o nascimento:

1º bebê – Você faz exercícios de respiração religiosamente.
2º bebê – Você não se preocupa com os exercícios de respiração, afinal lembra que, na última vez, eles não funcionaram.
3º bebê – Você pede para tomar a peridural no 8º mês porque se lembra que parir dói pra caramba.

O guarda-roupas:

1º bebê – Você lava as roupas que ganha para o bebê, arruma de acordo com as cores e dobra delicadamente dentro da gaveta.
2º bebê – Você vê se as roupas estão limpas e só descarta aquelas com manchas escuras.
3º bebê – Meninos podem usar rosa, né? Afinal o seu marido é liberal e tem certeza que o filho vai ser macho igual ao pai!

Preocupações:

1º bebê – Ao menor resmungo do bebê, você corre para pegá-lo no colo.
2º bebê – Você pega o bebê no colo quando seus gritos ameaçam acordar o irmão mais velho.
3º bebê – Você ensina o mais velho a dar corda no móbile do berço ou manda o marido ir até o quarto das crianças.

A chupeta:

1º bebê – Se a chupeta cair no chão, você guarda até que possa chegar em casa e fervê-la.
2º bebê – Se a chupeta cair no chão, você a lava com o suco do bebê.
3º bebê – Se a chupeta cair no chão, você passa na sua camiseta, dá uma lambida, passa na sua camisa desta vez para dar uma secadinha pra não pegar sapinho no nenê, e dá novamente ao bebê, porque o que não mata, fortalece.

Troca de fraldas:

1º bebê – Você troca as fraldas a cada hora, mesmo se elas estiverem limpas.
2º bebê – Você troca as fraldas a cada duas ou três horas, se necessário.
3º bebê – Você tenta trocar a fralda somente quando as outras crianças começam a reclamar do mau cheiro.

Banho:

1º bebê – A água é filtrada e fervida e sua temperatura medida por termômetro.
2º bebê – A água é da torneira e a temperatura é fresquinha.
3º bebê – É enfiado diretamente embaixo do chuveiro na temperatura que vier, porque você, seu marido e seus pais foram criados assim, e ninguém morreu de frio.

Atividades:

1º bebê – Você leva seu filho para as aulas de música para bebês, teatro, contação de história, natação, judô, etc…
2º bebê – Você leva seu filho para a escola e olhe lá.
3º bebê – Você leva seu filho para o supermercado, padaria, manicure, e o seu marido que se vire para levá-lo à escola e ao campo de futebol…

Saídas:

1º bebê – A primeira vez que sai sem o seu filho, liga cinco vezes para casa da sua mãe (sua sogra não pode ficar com a criança porque na sua cabeça, ela nunca foi mãe), para saber se ele está bem.
2º bebê – Quando você está abrindo a porta para sair, lembra de deixar o número de telefone pra empregada.
3º bebê – Você manda a empregada ligar só se ver sangue.

Em casa:

1º bebê – Você passa boa parte do dia só olhando para o bebê.
2º bebê – Você passa um tempo olhando as crianças só para ter certeza que o mais velho não está apertando, mordendo, beliscando, batendo ou brincando de supermam com o bebê, amarrando uma sacola do carrefour no pescoço dele e jogando ele de cima do beliche.
3º bebê – Você passa todo o tempo se escondendo das crianças.

Engolindo moedas:

1º bebê – Quando o primeiro filho engole uma moeda, você corre para o hospital e pede um raio-x.
2º bebê – Quando o segundo filho engole uma moeda, você fica de olho até ela sair.
3º bebê – Quando o terceiro filho engole uma moeda, você desconta da mesada dele.